quarta-feira, 12 de outubro de 2011

"A vida dos mortos está na memória dos vivos"



"Amigos Peregrinos:

Alguns de vocês já passaram, infelizmente, pela dor profunda que sinto.
Durante os anos que fizemos parte da peregrinação a pé Alcácer do Sal/Fátima, todos se aperceberam o quanto o João preenchia a minha vida e eu a dele.
Mas o João partiu para o Céu.
Não há palavras que possam exprimir o que é para mim a ausência física do João, já que em espírito ele está comigo, ele continua vivo.
Na nossa campa, onde já guardo os seus restos mortais, diz: “A vida dos mortos está na memória dos vivos”.
Era assim que o João e eu pensávamos. E é deste modo que eu quero continuar a viver os dias que permanecer pela terra.
A “família” era seu lema e nesta palavra englobava os laços de sangue, mas também aqueles que se constroem ao longo da vida. Vocês faziam e fazem parte desses.

O meu bem hajam a todos que viveram connosco momentos felizes, mas também exprimiram o vosso carinho e apoio nos tempos mais cruéis da nossa vida: a doença e morte do João.
Esteja onde estiver, ele ficará eternamente nos nossos pensamentos, à semelhança de outros peregrinos que também já partiram.
O João era um “homem bom”, não é necessário dar-lhe outros atributos, este define-o bem. O seu testemunho como cristão não pode desaparecer. A sua fé era grande. A devoção a Nossa Senhora era visível em todos os momentos, até no dia da sua morte, dia de Santa Maria, dia da Assunção de Nossa Senhora.
Ao cobrir a sua urna tem agora a primeira camisola, que vestiu como peregrino de Fátima, no ano de 2006.

O meu João, peregrino na terra, continuará peregrino no Céu.

Nazaré Leitão"

Beja, 5 de Outubro de 2011

3 comentários:

Dulce disse...

Sem palavras...
Um abraço muito sentido, muito amigo e fraterno em Cristo e Maria.
Para sempre, esse homem bom, permanecerá nos nossos corações.
Dulce

Anónimo disse...

Força Nazaré é uma grande Mulher. Um abraço na Paz de Jesus e Maria. O João permanece vivo nos nossos corações.
A vida não acaba apenas se transforma.
"Eu não estou Longe, apenas estou do outro lado do caminho..."
"Santo Agostinho"

Anónimo disse...

"Como podem dizer que morreu quem permanece tão vivo no nosso coração" Um grande abraço

Caminhar do Sul no Mundo